Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECUSAS

Somente agora vejo que conspiras
por estas medidas que adotas,
e ainda achas que aspiras.
Veja ! Não procures desculpas desnecessárias
devores tua ansiedade de me teres
te escrevo poemas de lamento
por ter tempo
por andar magoado pensando em ti,
escrevendo inclusive arias.


Corro por todos caminhos, não te encontro
nunca estás, aqui, ali, acolá,
não sei que mais,
nem mesmo se ando por lá.
Acolhe este triste encanto
empenhes-te por isto
- neste meu canto -.


É tão fácil, principalmente quando amamos
neste limiar em que meu coração
está escarnecido de amor a ti.
Quem seria capaz de conhecer-te,
se apaixonado estamos.
Quem seria capaz de conhecer e pensar em ti
como tenho feito ? Só mesmo nós.
Aproximar-se do teu coração,
atrair tua candura, sem usar voz.


E certo estou que consegui, duvidas ?
Quem poderá exalá-la
como tenho procedido,
olha ! serás punida.
Injusta ! Sim ..... breve comerás
tua árdua melancolia
e tristeza mais sábia que tua sabedoria.
Sei discernir entre a chuva e o sol,
no final, saberás.


Por toda tua bondade de doce mulher
não entendo porque toda esta recusa.
Como consegues não me amares,
se não há intrusa.
Se te adoro,
te amo como um louco
e sabe de toda esta doação por ti,
deste sufoco.


Calo-me diante destas penúrias
deste amor sincero, escuta ?
Terei sempre minha presença
no teu peito, n´alma
enquanto, existir ......
Existir em mim esta vontade de lamúrias.


Esta vontade de te amar,
não sairás do meu pensamento
custe o que custar,
e por qualquer sofrimento.
Se buscares entender
de outra sorte este sangrar
feliz de mim,
porque desta forma poderemos nos transformar.


Como está, jamais nos encontraremos
se realmente for assim que queiras,
o azar será meu se continuarmos assim,
sempre nos desencontraremos.
Escaparás da minha lembrança e coração
passados não sei quanto tempo,
reconheças,
este vivente que sempre te amou
porque ficarei feliz,
pra que o amor estabeleça.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 06/11/2007
Reeditado em 18/01/2009
Código do texto: T726534
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (121576 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 07:09)
tabayara sol e sul