Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CERQUINHA

Te conheci criança. Maldosa à meus ouvidos, sussurravam pra meu conselho
mesmo sabendo não teres culpa;
Cerquinha que coisa linda era poder meter o bedelho.
Tua origem. Teus campos alagadiços dificultando meu andar.


No fim da rua Dezesseis de Julho, que saudades !
Bem no oeste da cidade, toda a minha infância
que não vi passar. Ficavas as margens do Santa Bárbara, que barbaridades
em emaranhado contínuo para toda minha ignorância.


Das diferentes espécies da flora de nossa terra
contribuias indomável; até a época em que a Câmara autorizou
a mudança das Tabocas dos Indios, da varzea, da nossa serra.


Tuas plagas serviram de acalanto e lembranças
praqueles pobres coitados primevos habitantes
que muito te honraram, vindos do além por aquelas andanças.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 06/11/2007
Código do texto: T726553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (121584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:17)
tabayara sol e sul