Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

camélia chorando


vi chorar uma camélia
muita dor ela gemia
quando alguém a desfolhava

no chão caindo uma pétala
sangue branco se tornava
tão puro como o de cristo

com pena de seu gemer
afaguei a sua alma
se volveu camélia branca

ela minha mão olhou
na minha mão se deitou
palpitando em agonia
foi levada pela morte
 
eu ainda hoje guardo
essa camélia branquinha
que dá sorte à minha vida
António Soares
Enviado por António Soares em 07/11/2007
Código do texto: T727390

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Soares
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 83 anos
101 textos (4440 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:06)
António Soares