Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O sofrer do amor

Aqui estou eu, mais uma vez sofrendo por amor
Já amei outras vezes, e esta dor é velha conhecida
Teimo em acreditar na diferença
O amor é tão humano
Você para mim era o meu açúcar
Essencial ao organismo como açúcar
Você era o Sol,
Afetava a minha existência tanto quanto o Sol
Um dia a mais para ser forte
Você insisti em ser
O último pensamento do dia
Meus suspiros trazem o seu nome codificado
A primeira imagem do dia, ao abrir os olhos é a sua
Você projeta minha fé
Alimentava-me de esperança, tanto quanto a fé
Um lar...
Me deu tanta segurança quanto um lar
Logo o sonho se desfez
Relembrei a vida está distante dos sonhos
O amor crê em coisas prematuras, inocentes
Um parto doloroso para realidade
O que você é minha consciência?
Me atormenta tanto quanto minha consciência
Será o meu chão?
Me sustentava como o chão
Esta dor é velha amiga
Já passei por isto antes
Sei, tudo isto vai estabilizar
Olhar para cicatrizes
E recordar tudo,
Todo e cada dia.
Beth Jardim
Enviado por Beth Jardim em 17/11/2005
Reeditado em 18/01/2010
Código do texto: T72818
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Beth Jardim
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 35 anos
152 textos (17022 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 13:00)
Beth Jardim