Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Andei

Andei,
Por tantos lugares já passei,
Por ruas e vielas cansei,
Pelo aguardo,
Pelo momento de te esperar,
Levo um fardo,
Em um instante te amar,
Tão intensamente,
Vão inconstante,
Levei,
O amor que podia,
Busquei,
Mesmo quando eu caia,
Te amei,
E quando no sonhei,
E criei,
Dentro de mim,
Um tanto quanto
Assim,
Pude ver,
E pude ler,
Dentro desse,
Cadastrado nesse,
Uma intensa,
Paixão,
Poética,
Sem ética,
Só um coração,
Sem razão,
Sem sentido,
Inibido,
Entre enredos e textos,
Mesclados,
Em profundos poços,
De amor,
De ódio,
Em um relógio,
Vi a hora passar e
Cansei,
Corri,
Sorri
E
Fui finalmente,
Amigavelmente,
Andei,
Cansei de andar,
Parei, te amei,
E fui te abraçar,
E então vivi nesse momento,
O amor,
A prosa e poesia
Em mistura junto
Com a profecia
E
Infinitamente
E
Intensamente,
Deixei o relógio,
E parei de andar,
Só passei a amar,
E desde então não vejo,
Não vi, e ninguém verá,
No tic-tac
Inconstante do relógio,
Tão distante
Essa hora
 Passar,
Essa hora
Passar.
Allan Tancredo
Enviado por Allan Tancredo em 08/11/2007
Código do texto: T728578

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Allan Tancredo
Cubatão - São Paulo - Brasil, 26 anos
36 textos (3619 leituras)
1 e-livros (119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:50)
Allan Tancredo