Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A atriz

Tu és a atriz que dança na areia, na praça
Envolta em bandeiras e olhos e sons
Tu és rodopio, a volta da graça
A musa que passa, a prece dos bons.

E vejo-te intensa salpicando estrelas
Sorrindo o sorriso que é luz do meu dia
Girando e espalhando tuas rosas vermelhas
Entregando beijos que eu tanto queria.

Ai, por que és atriz e assim evitas
Que eu saiba as verdades sob o teu olhar
Já nem sei mais quantas mulheres imitas
Já nem sei mais quanto terei que esperar.

Invade meus sonhos, me deixas doente
Teus curtos cabelos a me enfeitiçar
Teu puro sorriso que é tão diferente
Dos olhos que estão sempre a interpretar.

Por isso te faço dançar nos meus braços
Acolho a dor que irás me causar
Meu corpo cansado seguindo teus passos
O beijo da atriz que irá me matar.
Daniel Cavalcanti
Enviado por Daniel Cavalcanti em 08/11/2007
Código do texto: T728993

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Cavalcanti
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
125 textos (3492 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/17 00:15)
Daniel Cavalcanti