Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRISIONEIRO DO AMOR?




Eu quero amar hoje, agora, depois, além!
Amar por amar, seja lá que jeito for.
Amar você, aquele outro e não amar ninguém,
Pois não quero ser prisioneiro de um só amor.

Não me prender somente amar a quem.
Pois que o amor para mim é universal.
Desprender-me de todos sem ter nenhum bem,
E que me entendam e nunca me levem a mal.

Já que eu não sou e nem serei de ninguém,
A vida que me ensinou a ser do jeito que sou.
Amar, amar, amar, como jamais se imaginou.

E assim eu posso dizer sem medo a alguém,
Te amo! E dai? Que se assuste ou queira imaginar,
Que eu possa por isso também querer lhe dominar.

Escrito por elciomoraes
elciomoraes
Enviado por elciomoraes em 10/11/2007
Código do texto: T731247
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
elciomoraes
São Paulo - São Paulo - Brasil
1186 textos (37239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:17)
elciomoraes