Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E AS CARTAS ?

Ninguém te escreve .... tenho vivido ansioso,
fico pensando, te amando.
Quem sabe: breve te verei, amar-te-ei gracioso ?
Quantas vezes corro pra vê-la, nada enxergando.



Paro. Reparo. Abro a porta, nada encontro.
Nenhuma carta como resposta do meu amor,
queres um conselho: Neste desencontro ?
Olha ! Dou a mim o próprio ...... pra que não aja dor.



Escrevas pra mim amor, venhas até mim,
se vieres a este coração poderei te abraçar
e tu beijares meus lábios ..... só mesmo assim.



Sei que é isto que queres muito nesta paixão
e eu também, porque esta loucura
de não vires, e, eu de não ir; nada vale ficarmos em vão.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 10/11/2007
Código do texto: T731952
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (121599 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:13)
tabayara sol e sul