Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos dos meus sonhos

Maria Antônia Canavezi Scarpa

Logo meus sonhos abrirão as asas
e eu os colocarei todos alinhados aos astros
para que na escuridão não fiquem dispersos
tenho muito para viajar
fiquei tempo demais acampada
 
Devo aproveitar os ventos do outono
que são mais amenos
não sou uma gigante para enfrentar
com meus olhos todos os grandes segredos
há um vasto vale de névoa a minha frente
 
Serei uma viajante sempre com medo
quase infantil dos espíritos com quem cruzarei
ogros, lobos, ninfas, duendes, espectros
mas serei serena nessa busca
talvez porque o meu tesouro
esteja concentrado num frasco muito pequeno
 
Como poeta declamarei versos na viagem
imaginando os sons lúdicos de uma cítara
e as estrelas serão lanternas
iluminando até um lugar
que imagino não estar tão longe

Ansiosa acamparei nos vales e bosques
trilharei todas encostas
vencerei os labirintos das florestas cerradas
e terei sempre a sensação de que vivo um conto
em busca do elixir mágico
 
De fato minhas asas são tecidas de ilusões
e que não podem recuar
quando os meus dentes rangerem de frio
ou me verem fechada pelas sombras
quando a escuridão for total

Vou chegar ao meu destino
não será o fim dos tempos
a lua injetará seus raios prateados
quando eu pousar no centro de tudo
onde habita você, sonhos dos meus sonhos

Tília Cheirosa
Enviado por Tília Cheirosa em 10/11/2007
Código do texto: T732160

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tília Cheirosa
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 64 anos
220 textos (12222 leituras)
1 e-livros (62 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:43)
Tília Cheirosa