Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor, divino amor

Que entre espinhos floresce
Que penetra fundo
Que me deixa mudo
E me faz forte em minha fraqueza
Invencível, indivisível, completo

Amor, divino amor
Que me tira da solidão
Aumentando essa paixão
Desenfreada pela vida
Me dando o céu por limite
Buscando em mim, seu abrigo

Amor, divino amor
Sou teu porto, teu amigo
Amor, divino amor
Toma conta de tua morada
Me faz feliz, pois sou nada
Sem você dentro mim
Me seduza, me domine
Pois sendo amor, só exprime
O melhor que posso ser.

Amor divino amor
Que seja eterno enquanto dure
Mesmo que seja um momento
Pois amar não tem espaço
Não tem tempo e nem fronteiras
Não tem cor, não tem cansaço
Não tem limite ou barreiras
Só toma conta da gente
 
Amor, divino amor
Me faça sua morada

TadeuBarueri
Enviado por TadeuBarueri em 11/11/2007
Código do texto: T732250

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tadeu-Barueri - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/tadeubarueri). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TadeuBarueri
Barueri - São Paulo - Brasil, 60 anos
97 textos (3183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:04)
TadeuBarueri