Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras caladas do grito

O mundo que gira em torno da brilha silva
Que sirva pra me levar nestas asas pesadas
Que aliviam o leve peso deste avião...

Quero aquela canção que entoe esta paixão
Vivida no interior do meu ser.

Deixe-me sentar ao seu lado,
Limpar tuas lágrimas e corizas,
Iludir-me nos teus traços leves e burilados que formam com este clima
Meu leite limpo e gelado que saúda minha alma...

Peça-me mais uma vez para sentar ao meu lado,
E tenha certeza que não terei sentimentos calados...

Antes é tarde para matar minha angústia de te ver de novo,
Então, quanto logo pior, e quão tarde, o dolor...

Vire seu rosto, quero ver cada fio leve desta tua penugem suave,
Como um filho de um berço de rei!

Que a despedida nos faça nesta noite de Lua
Encantar minha esperança, e nunca o lamento.

O melhor seria sentir você nua,
Carne com carne,
Dois corpos na rua...

Rolar numa grama de seda,
E se der, apertar você...
Esperando que traga minha felicidade.
Rodrigo Leal
Enviado por Rodrigo Leal em 11/11/2007
Código do texto: T732373

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor como Rodrigo Leal, e link www.fotolog.com/carta_da_arte.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Leal
Manaus - Amazonas - Brasil, 35 anos
44 textos (3214 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 20:45)
Rodrigo Leal