Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa

O sol uma vez mais
É manha que se faz
Mas...o que será de mim?
Sou tempestade inconstante
Entardeço agonizante
Sobre a solitária flor
Que expira em meu jardim

Ouço sua voz
Como quem ouve os ventos
Balbucia frágeis pensamentos
Febril...Debruça-se a sorrir
E como sombra de pétala sem rosa
Deita-se em orvalhos
Minha Rosa
E em silencio ao dormir
Sussurra ainda aos meus ouvidos
Por favor! Cuida de mim!

Exala seu perfume pelo ar
Oh! Minha amada flor!
Eu lhe suplico Sol
desperte o meu amor!

E traga a brisa calma
Das manhãs em mim
E aqueça com seus olhos de verão
Seu coração e assim
Sublimarei o ontem e o depois
Quando éramos  dois...flor em botão
De um imenso jardim

petronio paes frança
Enviado por petronio paes frança em 12/11/2007
Código do texto: T734504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
petronio paes frança
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
549 textos (20541 leituras)
2 áudios (40 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 21:19)
petronio paes frança