Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MALDIÇÃO DE AMOR!

                MALDIÇÃO DE AMOR!
As vezes paro e penso...
Esse amor é almadiçoado!
Mas como é possível um amor ser almadiçoado?
Ele vem como uma tormenta,
Devastando tudo que vê pela frente
Não tem nada de suave
Por isso penso:É almadiçoado!
Vem cuspindo fogo como um vulcão
Pronto para erupção...
Hora da destruição!
Não paro para pensar na minha dor...
Nem no meu sofrimento
Pois em todos os momentos
Só penso no amor e com amor
E é um amor tão grande!
Que mal cabe dentro do peito
E que por certo não é direito!
Pois não é correspondido
Você é apenas meu amigo
Mas como controlar esse amor?
Esse amor almadiçoado...
Pois é uma maldição
Amar assim com tanta paixão!...
Viver com o peito oprimido
Por um amor que não é correspondido!...
Helena Lins-19-11-2005
Helena Lins
Enviado por Helena Lins em 19/11/2005
Código do texto: T73647
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Lins
Salvador - Bahia - Brasil, 54 anos
325 textos (18712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:03)
Helena Lins