Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sangrando


Arranque do meu peito
Ó amigo tempo!
Esse despeito
Tão feio e
Ruim

Pois, sinto no meu bem
Em seu lindo sorriso,
Uma felicidade singela
Por outrem

Vejo em seus olhos
Um brilho reluzente
que não é por mim

E sei que seus
Sonhos já
Não me pertencem

Ó tempo amigo!
Arranque enfim essa dor
De quem tem um grande amor
Latente
Perto dos olhos,
Mas...
Ausente.

                                      Analúcia Azevedo. 14/11/2007.
                     
Analúcia Azevedo
Enviado por Analúcia Azevedo em 14/11/2007
Código do texto: T737412
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Analúcia Azevedo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
127 textos (12371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 20:13)
Analúcia Azevedo