Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM DERA.

Quem dera
Em cada passo
O teu braço
Apoiando meus sonhos
Salvando-me dessa agonia
De me por em pé sozinha
Em meio ao frenesi
De tantas oscilações
Que a vida me oferta
-ou joga-me-
Em um turbilhão de emoções.
Quem dera
Contar com seu amor
À minha cabeceira
Velando meu sono
E, depois
Com um beijo me acordando
Para sem pressa
E sem medo
Seguirmos na vida amando.
Evelyne Furtado
Enviado por Evelyne Furtado em 14/11/2007
Código do texto: T737616

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyne Furtado
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
974 textos (121274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:30)
Evelyne Furtado