Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REPAGINANDO-SE

Sou tua virgem emancipada
que despudorada atira-se em teus braços
enlaçando teu corpo
sorvendo teus beijos

aquela que te procura nas noites de luar
que feito lobo uiva para a lua
cantando os teus encantos
que nem sei se tens mas que os meus olhos vêem

eu sou tua virgem desvirginada
repaginando-se com a vida
capaz de te amar todas as noites
até o sol raiar...

Quero correr pelos campos e relvas
cantar emoções e viver emoções
suando por todos os poros

externar toda a espera
e em êxtase - feliz
permanecer em teus braços
por toda a eternidade...
MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 15/11/2007
Reeditado em 15/11/2007
Código do texto: T737721
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 65 anos
4765 textos (295971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 02:19)
MÁRIO FEIJÓ