Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Poema ao Amor

Amor,
Dama tão pura
Suave, insegura, feliz e imatura
Que prende, não solta
Possui e desposa

Que fala de sentimentos
Férteis, tão tenros
Com prosas e juras
Entre promessas, sinceras e curtas

De um novo tempo
Com beijos, carícias e desejos
Intensos e constantes
Alegres e marcantes

Para uma esperança que não se cala
Vem e fala a alma
Preenchendo a tinta
Momentos de uma vida.
dos Santos
Enviado por dos Santos em 15/11/2007
Reeditado em 24/05/2009
Código do texto: T737954

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
dos Santos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 11 anos
369 textos (66459 leituras)
7 e-livros (1292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 13:02)
dos Santos