Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RESTOS

            RESTOS

DEITO E CUBRO O MEU CORPO,
COM PALAVRAS, RESPEITO,
EMOÇÕES E SENTIMENTOS,
VIAJO NO TEMPO ATRAVÉS DO PENSAMENTO,
MEU CORPO ASTRAL NAVEGA E FLUTUA
EM UM MAR DE RESSENTIMENTOS
E NOS ATALHOS AMALDIÇOADOS PELA ALMA QUE HÁ DENTRO DE MIM
QUANDO HÁ MOMENTOS E SENTIMENTOS
QUANDO EU QUERO QUE A VIDA SEJA ASSIM.
EU ME RECORDO PASSAGENS QUE A VIDA ME TROXE
E MENSAGENS QUE TENTEI PASSAR
E CONSEGUI UM TUMOR,
DE UM RELACIONAMENTO QUE SE DIZIA AMOR,
QUE SE DIZIA SENTIMENTO.
MAS POR FIM, TUDO ACABOU,
SOBRARAM APENAS RUÍNAS,
CACOS DE MIM POR TODA ESQUINA
QUE PASSEI E SEI,
QUE SE DISSER QUE SIM, ACORDO,
QUE SE DISSER QUE NÃO, CONCORDO,
MAS HOJE, RASGO ESTA DOR,
QUE CHAMARÃO DE SENTIMENTO,
QUE CHAMARÃO DE AMOR.



POETASP
Enviado por POETASP em 15/11/2007
Código do texto: T738327

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETASP
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
354 textos (17588 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:17)
POETASP