Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O RELÓGIO DO AMOR

Esse nosso relógio da vida
Nunca corre e nunca para
A cada badalada decidida
Meu coraçãozinho dispara

Eu sou teu ponteiro grande
Você meu doce ponteirinho
Por mais que o pequeno ande
O outro segue seu caminho

Encontramo-nos de hora em hora
Hora longa, que tanto demora

Duas e dez, quatro e vinte, seis e meia
São exemplos de horas tão queridas
Mas à meia-noite quando a dupla alteia
É a hora mais feliz de nossas vidas

Quebre agora relógio indiferente
E badale essa meia-noite eternamente
Sigmar Montemor
Enviado por Sigmar Montemor em 15/11/2007
Reeditado em 07/11/2010
Código do texto: T738504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sigmar Montemor
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 53 anos
1767 textos (290271 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:13)
Sigmar Montemor