Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor único e universal

Caminhei por varios caminhos, desesperada,
encontrei espinhos e muitas emboscadas,
bateram a porta em meu peito, rindo,
eu ali parada no tempo da minha ilusão.

Quis mudar o meu coração, tirar dele o amor,
ser um ser egoísta com muita artimanha,
talvez um bom vendedor de almas sozinhas,
quem sabe se um vencedor de mentiras.

Meu Pai como eu tentei te ignorar, não escutar,
via a dor, o sofrimento do meu amigo, sangrando,
como crivos em seus corações famintos de amor,
uma breve palavra, um abraço, um sorriso...

Poderia mudar para sempre o rumo da sua vida,
eu teimava em estar la no meio da dor dele,
dividindo, pedindo para que ele podesse ser iluminado,
guiado pelos anjos, onde ensinavam sorrindo o amor.

Lutei até contra a minha família, recebi o ódio,
ficando a chorar no silencio pela duvida que sentia,
logo sentia uma leve brisa em meu rosto, como afago,
um leve beijo adocicado nas fragrâncias da Primavera.

Logo sorria, eras tu meu Pai secando as minhas lágrimas,
tu me compreendias, não me cobras, amando sem limites,
assim como este amor que esta bem acordado, dentro de mim.

Sinto que toda a minha caminhada foi de amor, certa e plena
onde aprendi a amar cada dia mais nas minhas provações e dor,
porque amor só existe um seguro pleno e real o amor universal...





Betimartins
Enviado por Betimartins em 15/11/2007
Código do texto: T738735

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1675 textos (97746 leituras)
9 áudios (899 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 18:05)
Betimartins