Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO PRIMEIRO SEGUNDO

Apenas um breve olhar
Que durou um eterno segundo
E me fez  apaixonar
Pela flor mais linda do mundo

Nasceu frágil e indefesa
Essa paixão dentro de mim
Manteve uma chama acesa
Que jamais terá fim

Porque será abastecida
A todo e a cada instante
Pela centelha da vida
O beijo, néctar dos amantes

No primeiro segundo
Meu coração bateu mais forte
Esse amor já nasceu fecundo
Pra nunca enfrentar a morte

Te amo cada vez mais
Como se fosse o início
Te perder não sou capaz
Te deixar seria sacrifício

Vamos juntos nessa jornada
Unindo corpos e pensamentos
O amor é nossa estrada
Nele não existe contratempos

No primeiro segundo: desejo!
Essa vontade de se amar
Silenciada a boca num beijo
E corpos a se encontrar

Um primeiro segundo sublime
Libertos e presos pelo amor
Meu pobre poema não exprime
O que em minh'alma despertou.
Edil Franci
Enviado por Edil Franci em 15/11/2007
Código do texto: T738914

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Edil Franci e o site www.recantodasletras.uol.com.br/autores/edilfranci). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edil Franci
São Paulo - São Paulo - Brasil
903 textos (74462 leituras)
2 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:21)
Edil Franci