Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRAQUELES QUE VOLTAM

Sabe amor ! Há àqueles que voltam
que reatam, quando o amor é um abandono injusto,
sem causa aparente,
que justifique com severidade, separação ......

Corações angustiados, apavorados de ciúme
noites de relento, sombras e amarguras
- não dizem a mim a verdade - de tua beleza interna
tampouco está loucura,
que tenho por ti.

Quero-te no esplendor da minha e tua
vida, pra que possa ser cada dia mais
sentimental, de amor a ti. Do contrário
fica parecendo, que simplesmente
passastes pela minha vida.

E assim não quero ! Te aceito de qualquer
maneira. Mesmo parecendo estranho
quero que tu, digas como devo te amar,
sinto-me só, em abandono total.

Dá a mim, a esperança da tua
concordância, dá a mim, o teu sinal
acabarias com certeza, meu sofrimento,
minha angustia, deixando-me feliz e doce.


Do Manuscrito:  Rosas ...... Infinitamente rosas.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 16/11/2007
Reeditado em 17/01/2009
Código do texto: T739416
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (121532 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:45)
tabayara sol e sul