Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO



Solidão não me maltrata,
Por favor me deixa em paz.
É outra noite que não passa,
Não consigo dormir mais.

Solidão ve se me larga,
Eu não quero mais lhe ter.
És um fel que me amarga,
Que engulo sem querer.

Solidão triste palavra,
Que eu não quero mais dizer,
Pois que só me faz sofrer.

Solidão és como lava,
De um vulcão a escorrer,
Aqui dentro do meu ser.

Escrito por elciomoraes
elciomoraes
Enviado por elciomoraes em 16/11/2007
Código do texto: T739757
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
elciomoraes
São Paulo - São Paulo - Brasil
1186 textos (37239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 01:12)
elciomoraes