Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APARENCIAS

APARENCIAS

NEM TUDO O QUE É SANTO, É SAGRADO,
NEM TUDO O QUE EU FALO, EU FAÇO,
NEM TUDO O QUE EU QUERO, EU PRECISO,
NEM TUDO O QUE EU PRECISO, EU LIGO,
NEM TUDO O QUE É LAÇO, É ATADO,
NEM TUDO O QUE É GRANDE , É SÁBIO,
AS VEZES, O SILENCIO, ME DIZ ALGO,
AS VEZES, ALGO ME PÕE EM SILENCIO,
MINHA VIDA MUDA A CADA MOMENTO,
NEM  TUDO O QUE ME DIZEM, EU ENTENDO,
NEM TUDO O QUE EU ENTENDO, EU SIGO,
NEM TUDO O QUE EU SIGO, EU DIGO,
NEM TUDO O QUE É BELO, É PERFEITO,
NEM TUDO QUE É SER, É HUMANO,
NEM TUDO O QUE É ERRADO, É ENGANO,
NEM TUDO O QUE É CERTO, EU CONCORDO,
AS VEZES SOU FELIZ, AS VEZEZ CHORO,
E TANTAS VEZES, POR TI CHOREI,
NEM TODO ADEUS É DESPEDIDA,
NEM TUDO O QUE AMANHECE, É DIA,
NEM TUDO O QUE ESCREVO É POESIA,
NEM TODO SORRISO É ALEGRIA,
NEM TODA CICATRIZ, SÃO MARCAS DO QUE PASSEI,
MAS SEI, QUE VOCE,
É A MULHER QUE EU TANTO AMEI.


POETASP
Enviado por POETASP em 17/11/2007
Reeditado em 17/11/2007
Código do texto: T740284

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETASP
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
354 textos (17588 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:52)
POETASP