Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CRAVO E A ROSA

Olá Rosa! como vai!
Você se lembra de mim?
Não! Sou a Cravo
Aquele, que rondava o seu jardim.

Eu ficava entre as folhagens
Querendo lhe declarar.
Mas, a minha timidez
Não me deixava falar.

Eu, um cravo desajeitado
Sem ter uma flor na lapela.
Você, toda delicada,
Tão cheirosa e tão singela.

Um dia criei coragem
E fui consigo falar:
Mas você disse que não.
Não podia me amar..

Saí de cabeça baixa,
Desiludido da vida.
Mas, um dia encontrei
A minha flor preferida.
Já faz um tempo, Rosinha,
Casei-me com a Margarida.

Antônio Oliveira  (Paraibuna SP)

Menestrel do Amor
Enviado por Menestrel do Amor em 17/11/2007
Código do texto: T741169
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Menestrel do Amor
São Paulo - São Paulo - Brasil
172 textos (34184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 00:47)
Menestrel do Amor