Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Voz da Quente Noite


Ó canta doce e poderosa Voz da quente noite,
Faz-me adormecer antes de tocar-te,
Tocar-te-ei, pois, sem o Véu por Deus criado
E por Satanás presenciado.

Suspiro humano incontrolado,
Por carne, terra e céu venerado,
Não há sobre ti quem por ti escolha
Mas lembra-te que és da árvore, folha.

Ó Voz, que viste meu nascimento
Como forma de um rebento,
Assim com teu poder controlar,
Lembra-te que contra ti há a Liberdade,
Que do Céu anda a procurar
Quem do Criador tenha Saudade!

Ó Ronronar Secreto dos meus dias,
Minha mente tu elevas e judias,
Como modo de se vangloriar
Pelos espinhos quem em mim, plantar.

Ó Deus permitais que eu possa escolher
Ainda que esteja eu amando a Voz
Sedutora e erótica algoz,
Venha eu ao Teu Vento me render!

Rafael Otávio Modolo
Enviado por Rafael Otávio Modolo em 17/11/2007
Reeditado em 28/11/2007
Código do texto: T741537
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Otávio Modolo
Bauru - São Paulo - Brasil, 27 anos
186 textos (8169 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 17:44)
Rafael Otávio Modolo