Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É fogo posto no Pasto


Um beijo no rosto
Outro no pescoço,
Ela não cede o seu gosto
Mantendo a guarda fechada.

Tem amor que esconde o gosto
Bem no fundo do poço
Você tem que roer o osso
Com esperança na carne.

Mas eu só quero o seu gosto
Já me fartei do seu rosto
E enjoei do pescoço,
Já prometi que vou ser
A sua cara-metade.

Namorar não é crime
Eu sou menino ela é menina
Vivo nesta rotina
Como um condenado.

O rapaz é apressado
Sem cautela e descuidado,
Menina tenha cuidado
Porque namorar nesta idade
É fogo posto no pasto.
Ulisses Maia
Enviado por Ulisses Maia em 18/11/2007
Código do texto: T741820

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Transferencia Bancaria para uma conta a indicar por mim.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses Maia
Luanda - Luanda - Angola, 54 anos
903 textos (71431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:11)
Ulisses Maia