Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER (II)

Que estrela fugitiva
deixou um rastro de céu
me seguindo nos teus olhos?

Em que noite de setembro
o luar veio aprender
a ternura do teu riso?

Com que direito as maçãs
se apropriam das auroras
que se coram nos teus lábios?

Por que a messe de trigo
avia as vestes de sol
com a luz da tua pele?

E o milho por que imita
a seda dos teus cabelos
para ocultar os rubis?

O estojo das romãs
por que te dá diamantes
sobre a relva do jardim?

De que minúscula galáxia
veio o astro cintilante
que exilas no anel?

E por que as tuas pernas
formam esse delta secreto
para uma única rosa?

Ah, por que a poesia
me persegue, no teu corpo,
disfarçada de mulher?









Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 18/11/2007
Reeditado em 15/01/2008
Código do texto: T742218

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (85503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 22:16)
Vaine Darde