Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Versos de amor { Neli Vera Mattos }

 

Meu coração está sofrendo

Sofrendo de tanta saudade

Saudade de você sua ingrata

Você foi a minha infelicidade

 

Sei que fui a sua infelicidade

Fui longe na minha ingratidão

Esta ingratidão foi o punhal

Que eu cravei no seu coração

 

Que cravou em meu coração

Seu destino foi você quem escreveu

Trocando o certo pelo duvidoso

O pior dos caminhos você escolheu

 

O pior dos caminhos eu escolhi

Nesta escolha eu não fui feliz

Fui buscar longe o que já tinha

Por isso hoje também sou infeliz

 

Por isso hoje também es infeliz

Esta infelicidade você procurou

Trocaste a vida simples que tinhas

O luxo e a riqueza sua cabeça virou

 

O luxo e a riqueza minha cabeça virou

Por esta razão eu mereço o castigo

O joio do trigo não soube separar

E grande a dor que carrego comigo

E grande a dor que levas contigo

Castigo ou não você mereceu

Seu sofrimento e grande, você dizem.

Só não pode ser maior que o meu

 

Só não pode ser maior que o seu

Por esse motivo, lhe peço perdão.

Errei sozinha não culpo ninguém

Fiz o que fiz, apenas por ambição.

 

Fez o que fez, apenas por ambição.

Eu não estou lhe fazendo cobrança

Pois ainda te amo e sinto paixão

Eu só não tenho mais e esperança

 

Você não tem mais esperança

Meu grande erro, foi lhe deixar.

Nem um erro a mais eu cometi

Pois eu jamais deixei de lhe amar

 

Você diz que não deixou de me amar

Estou surpreso e feliz também

Se quiseres partiremos ao amanhecer

Quando passar o primeiro trem

 

Quando passar o primeiro trem

Eu quero estar em seus braços

Aninhada juntinha a seu peito

Eu preciso esquecer meus fracassos

 

Você precisa esquecer seu fracassos

Deixe comigo que eu vou lhe ajudar

Sem promessas ou qualquer cobrança

Mesmo porque nada tenho a cobrar

 

Mesmo porque nada tens a cobrar

Mais eu tenho muito a lhe pagar

 

Esqueça você nada tem a pagar

Tudo o que tens a fazer, é me amar.

 

Eu te amo, te adoro e te quero!

 

Por estas palavras a muito eu espero!

 

Estes versos são versos de amor.

Que eu escrevi com a Neli Vera

A quem eu agradeço de coração!

 

Agradecida sou eu, por me convidar.

A participar, de seus versos de amor.

Embora esta não seja, minha vocação!

 

Balneário dos Prazeres: 18 / 11 / 2007

 

 

 

 

 

 

 


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 18/11/2007
Reeditado em 18/11/2007
Código do texto: T742433
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2316 textos (148991 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:46)
Volnei Rijo Braga