Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA TE ESPERO


Quando das minhas mãos
o tremor arrítmico marcar
os outonos sem fim
que passei à tua espera
que eu possa relembrar

Quando dos meus sentidos
a ausência se fizer sentir
e meus tantos invernos
tornarem-se remotas e frias lembranças
que eu possa esquecer

Quando da minha face
os vincos de tantas primaveras
se fizerem caminhos floridos
na memória e na alma
que eu possa sorrir

E, que ao erguer o que resta
da minha fronte altiva
em direção ao Sol, que tantas vezes
me trouxe você
eu possa ainda te esperar
no próximo verão.
Monica San
Enviado por Monica San em 18/11/2007
Código do texto: T742521

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Monica San
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 47 anos
251 textos (6374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:29)
Monica San