Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pobre Coração!


Ressoa um som lúgubre
Parece vir do coração
Esse pobre que não tem jeito
Insiste em apertar meu peito.

Solitário ante o surdo gemido
Enfeita-se das flores pálidas
Aconchega-se em muros sombrios
Como um pássaro na escuridão.

Um amor outrora interrompido
Machucou demais sua ilusão
Hoje uma redoma de vidro
É sua morada e redenção.

Tira-o das cinzas, oh, Fênix!
Leva-o a voar contigo, liberta-o!
Traz-lhe o ouro da sua plumagem
Faz-lhe ressurgir com sua coragem.



19/11/07

LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 19/11/2007
Reeditado em 19/11/2007
Código do texto: T743101
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (159020 leituras)
2 áudios (430 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:26)
LuliCoutinho