Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cerimonial

As rosas desabrocharam
ao pressentir que virias...
Houve um frenesi de cores
no anúncio da manhã.

A lua enluarando
o ateliê da roseira
prenunciou que a aurora
chegaria em teu sorriso.

Eu decifrei o presságio
na confecção das pétalas...
Pois as flores se vestiram
com a seda do luar.

As rosas te necessitam
pra encenar a primavera
porque tu tens a essência
do perfume da manhãs.
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 19/11/2007
Código do texto: T743155

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (85436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 21:05)
Vaine Darde