Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras 0198 - Estou ontem



Às vezes amanheço e ainda sou ontem,
as palavras que não disse vem à boca,
as magoas já não existem.

Desculpe-me se não liguei dizendo de nós,
esperei o hoje que não veio,
senti que morri um pouco, até amanhã talvez.

Quando me encontrar entra nos meus olhos,
vai saber que ontem não foi tão normal assim,
o silêncio é meu remédio, não a mentira.

Deixei um carinho guardado no meu sonho,
as palavras nem sempre sai como queremos,
perder é uma constante, o perdão também.

Se tenho amor, ontem estava aqui,
se tenho seu amor ontem esta aí,
faz-me feliz se disser que ainda a tenho.

Um dia partirei, vamos para um distante,
não consigo me ver longe daqui,
quem sabe inventem um eterno só pra nós.

Fica mais um dia, mais um hoje somente,
quero olhos limpos e secos,
como aquele que um dia coloquei minha luz.

Perdoa se não liguei, estava te sentindo ontem,
não existe intenção quando só pensamos no outro,
o nunca jamais vai ser nosso amanhã.

19/11/2007
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/11/2007
Código do texto: T743371
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
4429 textos (116807 leituras)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:23)
Caio Lucas