Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR SILENCIOSO







As fendas que se abrem, expõem tuas
chagas...
E o sangue que escorre de tuas veias
direcionam-se aos leitos dos lagos,
E fazem brotar o pólen de ouro dos mais
finos astros.
E como uma grande rosa, a tua alma
desfolha-se.
Os espelhos dos teus olhos refletem uma
Imagem puramente iluminada.
A noite apaga a última luz do firmamento,
E o silencio se espalha.
O teu amor é silencioso, calmo e sereno.
É ungido do mais refulgente raio de luz
do astro rei.
A luz de teu ser transborda em mim a
mais pura paz do céu risonho,
dos sóis e das luas.


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 19/11/2007
Código do texto: T743440
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
ALBERTO ARAÚJO
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
3135 textos (158873 leituras)
33 áudios (3215 audições)
35 e-livros (6651 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:40)
ALBERTO ARAÚJO

Site do Escritor