Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTREGA

Olhar doce e envenenado
Gostoso sentimento, inebriado.
Angustia humana com a certeza do fim
(como tudo na vida)
Não quero que termine!
Essa suavidade intensa
Essa paixão louca e desenfreada
Esse desejo, essa fome!
Essa vontade de te possuir por inteiro
E te fazer parte de minhas entranhas
(sentimento efêmero e infame)
Sentimento de fêmea, mãe e amante
Que te protege e te rouba o sono
Que te acalma e quase te mata
Que te leva a dizer;
“Como? Queres me estrangular
Ao me aconchegar ao teu peito”?!
Mas também te coloco no colo
Acaricio sua testa
Enquanto tu dizes o quanto o mundo é mau
Aconselho, choro, sorrio
Levo-te ao céu, ao inferno, ao infinito...
Depois é só dizer “durma bem”
É... Isso é o amor. É convivência é conveniência
É coisa de alma, não ciência.
E não tem crise ou estatística
Que possa mudar os sentimentos
Pois é cada vez melhor
Gemer de paixão e de raiva
Entregue tal qual presa cansada,
Aos seus braços rijos e insistentes...
É impossível resistir
Aos apelos de seu corpo másculo
Sou forte, eu sei.
Mas gosto e prefiro
A entrega...
sirlei almeida
Enviado por sirlei almeida em 19/11/2007
Código do texto: T743696

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
sirlei almeida
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
24 textos (1877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 23:26)
sirlei almeida