Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pequenas confidências

Nas entranhas da noite
o que me habita?

Uma rosa.
Teu nome.
Versos e pérolas.

Tatuado nas asas do silêncio
meu desejo rubro
atravessa as horas
sob o luar.

Jazz no escurinho.
Vinho.
Vestígios.

A solidão
borda lágrimas nas sombras
e quase me devora.

Duas almas.
Uma promessa.

E como promessa
lhe ofereço
a fleur de mon amitié.

O céu se debruça e
me alça por instantes;
tingido de estrelas,
lírios e pétalas.

Um aceno.
Jogo de véus e delicadezas.

Dai-me apenas um olhar
- esculpido em mistério e indagações -

permita que eu possa desvendar
as entrelinhas de tua alma
na contraluz,

como câmera lenta
em vôos rasantes, infinitos.

Observação: poema dedicado a um grande amigo.
Verônica Partinski
Enviado por Verônica Partinski em 19/11/2007
Reeditado em 22/11/2007
Código do texto: T743711

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Partinski
São Paulo - São Paulo - Brasil
361 textos (12826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:55)
Verônica Partinski