Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TODO AMOR QUE HOUVER NESSA VIDA...

Todo amor que houver nessa vida,
Te dedico...
Como o som que emana do canto
dos pássaros...
A paz infinita que vem das montanhas imponentes e serenas...
Te dedico...
O brilho do sol resplandescente e incandescente no horizonte,
com sua inigualável leveza nos traz tanta beleza...
Num sorriso inocente de criança, que encanta...
A paz que vem de Deus...
Te dedico...
A esperança de um novo dia,
Onde não há um só ser desigual...
Um mundo onde a moeda principal é o amor.
Então vamos habitar e contagiar os corações com a nossa emoção...
Andar de mãos dadas por ruas brancas ao invés de ruas manchadas de
sangue e dor...
Onde não há pranto e lágrimas em cada esquina...
O medo será palavra extinta nos olhos de cada ser...
Vou espargir para o mundo, todo o nosso inefável amor!
contagiando corações de pedra e grandes potências,
de que nossa luta é por campos de flores...
Ao meu entender, a mudança começa em meu ser!
Para então dissolver toda a dúvida de viver
e aprender, e não mais sofrer...
 pois todo o amor que houver nessa vida,
e muito mais, eu dedico a você!



Fiz essa poesia no dia 30/07/2007, para participar de um concurso de poesias.
AVA
Adriana Mallet
Enviado por Adriana Mallet em 20/11/2007
Código do texto: T744183

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Adriana Mallet). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Adriana Mallet
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
168 textos (22713 leituras)
2 áudios (370 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:22)
Adriana Mallet