Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO DEIXA ESPAÇO VAZIO

Vem! Não deixa espaço vazio
Entre dois braços que esperam,
Preenchê-lo num abraço,
Pois outro pode ocupá-lo.

Vem! Escala rochedos e penedos,
Desvencilha o corpo das algas,
Emerge da região abissal
Do oceano da tristeza.

Vem para longa conversa,
Com palavras claras e simples,
Esclarecer dúvidas e enganos
Guardados por longos anos.

Vem! Também pode dizer nada,
Deixar o olhar perdido a navegar
Na imensa misteriosidade
Dos lábios pedindo perdão...

Vem, sem contar o tempo perdido,
Foram-se os rancores sentidos,
Nascendo está nova aurora
No nevoento horizonte.

Depois, pincela em tela branca,
O contorno da imagem que ficará
Plasmada no rosto do tempo,
Nós, o amor e o luar...

O3/03/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 23/03/2005
Código do texto: T7454

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (339221 leituras)
19 áudios (10567 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 10:28)
Maria Hilda de Jesus Alão