Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanhã

Amanhã,
Quando eu te encontrar,
Quero ver-te sorrindo.
Meu afã,
É  prá sempre te amar,
Ver-te indo e vindo.

Meu amor,
Peço então por favor!
Não esqueças de mim.
Teu calor,
É um vasto primor,
É qual um querubim.

Bem, cadê
O olhar sorrateiro,
Que tens na tua vida?
Tem um quê,
De querer me dizer,
Sou pessoa querida.

Amanhã,
Eu irei acordar,
E tomar meu café.
De manhã,
Tu vais me confessar,
Que és minha mulher.
Valério Márcio
Enviado por Valério Márcio em 21/11/2007
Reeditado em 19/06/2008
Código do texto: T745887
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valério Márcio
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
536 textos (46016 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:28)
Valério Márcio