Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ato único...

Em meus ouvidos ainda ressoam os sussurros
insones ditados pelos gemidos esbaforidos de
calórico ardor;
Em minha boca ainda paira o gosto agridoce
do mais eloqüente e infundado sabor;
Em minhas costas ressurgem caligrafias dos
murais obscenos extremados de pudor;
Em meu corpo ainda sinto as contrações dos
momentos capciosos que me entreguei a ti
sem nenhum temor;
Em meus pensamentos ainda permanecem as
lembranças daqueles instantes em que fizemos
da poesia um ato único de amor...
 

Amado Portti
Enviado por Amado Portti em 22/11/2007
Código do texto: T747646
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Arcanjo Miguel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amado Portti
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
699 textos (46724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:24)
Amado Portti