Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IMENSURADO CORAÇÃO

Quanta vontade, quanta saudade,
quisera eu, trazer aquela vida
novamente até mim, que maldade.


Como me fez bem esta lembrança.
Lembrar teus carinhos, teus gemidos
pelo amor que tinhas, quantas esperança.....


Quem sabe um dia: mesmo agora
possamos recordar, com amor
estes tristes momentos, aqueles...... chora ......


Chora, porque chorando fico eu amargurado,
porque não vens, somente recordar outrora.
Que tristeza me dá neste coração imensurado.




Do Manuscrito: Rosas ..... Por quê Espinhos  ?
Escrevi estes versos na década de 60, não lembro mais o tempo, que os ofereço a GRANDE OTELO, personagem de todas as décadas maravilhoso e encantador.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 22/11/2007
Código do texto: T748024
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:50)
tabayara sol e sul