Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem dera!

Quem dera pudesse acordar com seu beijo todos os dias
Quem dera pudesse espreguiçar-me junto a seu corpo.
Fazer dele meu porto.
Quem dera amor!

Sentir seus olhos me acompanhando aonde vou
O carinho do teu abraço a toda hora
O gosto da tua boca a todo instante
Quem dera pudesse ter seu colo, seu aconchego nos momentos de dor

Sentir-me amparada quando frágil
Ganhar um sorriso por nada
Como  uma flor ser cuidada
Quem dera querido!

Sentir sua presença dar-te um afago.
Fazer um agrado.
Tomar com você um “golo”.
Acariciar sua cabeça no meu colo

Quem dera fazer amor do nosso jeito.
Quem dera!
Roçar teu corpo, acordar de madrugada.
Vestir-me de vento
Dar-te alento.
Amá-lo quantas vezes quiser sem pedir nada.

Quem dera descansar com você na rede.
Da sua saliva matar minha sede.
Compartilhar, viajar e junto sonhar.
Quem dera fazer uma pescaria, andar pela mata.

Quem dera!
Namorar toda hora
Tomar banho de cachoeira
Viver sem eira nem beira
Quem dera amor!
Quem dera!




katia christofoletti
Enviado por katia christofoletti em 23/11/2007
Reeditado em 23/11/2007
Código do texto: T748750

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
katia christofoletti
Poços de Caldas - Minas Gerais - Brasil
1324 textos (63475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 13:59)
katia christofoletti