Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA MIRAGEM SELVAGEM, SUAVE DE FLOR

Triste, tua calma maltrata
E me dilacera
Eu grito de raiva
Tua sombra me espera
Apenas me olha
Vazando meu corpo
Com lâmina exata
Rasga-me, me arranca
A dor

Risos, teu braço abraça
Desfaz-se a fumaça
Que envolve meu crânio
A cor do gerânio
Salta de tua blusa
Tornando-me ausente
Na tua presença
Não tenho mais medos
Só sonhos de amor

Ah, o amor na dor...
Tentar, deixar, perder, ganhar
Ter-te sem possuir-te

Busco aquelas mulheres
Que vêem no amado
Um anjo confuso
Pregando ao mundo
Amor com espinhos
Eu só acredito
Em uma miragem
Selvagem, suave
De flor
Gê Muniz
Enviado por Gê Muniz em 23/11/2007
Reeditado em 05/02/2008
Código do texto: T749104
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gê Muniz
Campinas - São Paulo - Brasil
1210 textos (34385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:26)
Gê Muniz