Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Me entrego a ti.

Te amo
Sei que parece loucura
Mas a loucura é a razão de alguns poucos
Em verdade, percebo
A razão e o amor não são equivalentes
Amor é a razão dos tolos, dizem muitos
Amor é a razão dos sábios, digo eu
Viver por amor é com certeza experimentar um pedaço do paraíso
Mesmo que muitas vezes pareça o contrário
Sofremos,às vezes, por amar tanto
Mas não tal qual sofre o pobre solitário
Os prolixos esquecem de dizer o mais importante
Eles calam os olhos dos apaixonados
O consiso, no entanto, não perde tempo
Diz apenas: EU TE AMO
Consisa que não sou... digo-te
Para não me atrapalhar com minha próprias infâmias
Eu te amo
E por mais que sinta não te conhecer
Me entrego a ti
Não de corpo... mas de alma.
Carolina Augusta Costa Justino
Enviado por Carolina Augusta Costa Justino em 23/11/2007
Reeditado em 21/06/2008
Código do texto: T749460

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolina Augusta Costa Justino
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
74 textos (5544 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 13:04)
Carolina Augusta Costa Justino