Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentimentos de poeta.

No fervor de um sentimento ardente
O poema deu lugar à emoção
Inspira-se no limite da paixão
De um grande amor incandescente

E com satisfação maior
Que faz o poeta se inspirar
Tornando a tristeza bem menor
Com mensagens que passa a criar

Poemas são brasas que não morrem
E que entram no coração
O amor, neles se escorrem.
Nos dias tristes de solidão

Os poemas não são feitos à-toa
Por que o amor é quem padecem
Seu coração vai muito alem e voa
Volta para o peito como prece

O poema será sempre a voz da ânsia
Num querer de amor sem ilusão
Nele a esperança nunca cansa
Nos versos mais eternos da paixão...


(01/11/2007)


Joyce Fernandes
Enviado por Joyce Fernandes em 24/11/2007
Código do texto: T751014
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joyce Fernandes
Indaiatuba - São Paulo - Brasil, 32 anos
143 textos (6417 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 23:24)