Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
UM BUQUÊ DE AMOR


O que eu posso dizer?
... Sou apenas um,
Nesse mundo (in)comum,
Poetizando os (des)caminhos,
Alma exposta em pergaminhos,
Coração encantado por você,
Nas mãos trago um buquê,
De amor para lhe oferecer;
Receba-o, deposite-o,
Com todo cuidado,
No vaso de sua sensibilidade,
Pois, um poeta apaixonado,
Sem a inspiradora musa,
É poeta pela metade,
Triângulo sem hipotenusa,
É um pseudônimo de felicidade.
DELEY
Enviado por DELEY em 24/11/2007
Código do texto: T751159

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4935 textos (186879 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:21)
DELEY