Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA



DE QUE VALE UM POETA AQUI ?
JÁ NÃO EXISTE CAMPO, FLORES,
PAISAGENS E AMORES,
O SILENCIO DAS PALAVRAS,
UM OLHAR SEM SENTIDO,
A ESTRELA SEM TEU BRILHO,
TEU AMOR, QUE EU MAIS PRECISO.
ASA QUEBRADA DE UM PÁSSARO,
ROSA SEM PERFUME, DESPETALADA,
CHORA TUA AUSENCIA, MADRUGADA,
NOITE A DENTRO , SENTIMENTO
SER FELIZ, NÃO MAIS VOLTAR.
DE QUE SERVE UM POETA ?
NÃO HÁ ESTRELAS A BRILHAR NO CÉU,
ESCREVER TUA VIDA, ASSIM VAZIA,
DE UMA FORMA LINDA NUM LINDO PAPÉL,
E SE RASGADO FOR, O AMOR,
SEREI COMPREENSIVO, ESTAREI FERIDO,
RASGADO ASSIM, MEU CORAÇÃO.
DIREI, SEI LÁ, EU TE PRECISO,
POIS SER POETA, SER LOUCO, SOLIDÃO.
PERDIDO, SOLTO NAS GRANDES FLORESTAS,
DE QUE ME ADIANTA, SER UM POETA?

POETASP
Enviado por POETASP em 25/11/2007
Código do texto: T751463

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETASP
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
354 textos (17655 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:20)
POETASP