Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTEZA DE UM PALHAÇO



Em um picadeiro da vida... um circo,
O mais galhardo palhaço chanfalhão,
Vivia de um mísero e irrisório badico,
Que ganhava em cada apresentação.

Ovação da platéia... a mais vibrante!
Para o artista a homenagem prestar;
Musicais letíficos da banda tocante,
E o espetáculo, jamais podia parar!

Ator da alegria em cábula escondia:
Mágoas, dores... tudo em encenação;
Sorriso, era que o espectador queria,

Na face burlava com exímia perfeição,
O pano baixava, sua expressão sumia
Com a tristeza que invadia seu coração.

Riva. 039
Rivadávia Leite
Enviado por Rivadávia Leite em 23/11/2005
Código do texto: T75183
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rivadávia Leite
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
222 textos (4404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:51)
Rivadávia Leite