Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

Odeio não poder ser abraçada por ti...
Odeio esta distância que me tortura!
Odeio não me ter em si...
Do quanto essa ausência me leva a loucura!

Essa saudade não só entristece,
mas, faz- me perceber que me falta um pedaço...
E minha alma emudece...
Chorando pelo seu abraço!

Se desejas o sorriso meu,
Do mesmo modo anseio por este teu olhar...
Meu coração já é todo teu,
Tenho vivido apenas para te amar!

E na distância, na ausência e na saudade,
Odeio tê- lo como mais uma pessoa junto a mim...
Pois o que desejo de verdade,
É contar a todos que és meu amor sem fim!

Odeio o desmerecimento...
De não poder ouvir seus sussurros de amor...
Gostaria que todos vissem no meu olhar o contentamento,
Ao invés destas lágrimas de saudades e de dor!

Mas, o que me faz deixar de odiar,
É esse contentamento que dá esta dor !
É esse riso bobo no meu rosto ao te olhar...
É essa necessidade louca por teu amor!

É sentir teu perfume mesmo a distância,
É querer- te cada vez mais pra mim...
É a dança... e a suave fragância...
Deste amor que nos faz odiar assim!

O que me chateia é saber que a Lua,
Pode estar a ouvir- te e te admirar...
E saber que ela é muito mais sua,
Do que esta que vive pra te amar!

Alma Nua,
Sábado, 24 de Novembro de 2007, 13: 30

Shimada Coelho A Alma Nua
Enviado por Shimada Coelho A Alma Nua em 25/11/2007
Reeditado em 06/08/2009
Código do texto: T752717

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shimada Coelho A Alma Nua
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
374 textos (58712 leituras)
10 áudios (1727 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:47)
Shimada Coelho A Alma Nua