Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje eu revi meu amor

Hoje eu revi você.
Com seu sorriso vindo de encontro a mim.
Seus passos deslizando pelo piso frio.
Meu corpo quente, de animal no cio.
E juntos estamos, novamente. Enfim.
Meus olhos não conseguem disfarçar.
Os meus desejos que tento esconder.
De o teu corpo, forte abraçar.
Mas por você, tenho que me conter.
Pois se arrisca para estar comigo.
E eu não posso ao menos dizer nada.
Preciso ser apenas o amigo.
Porque infelizmente és casada.
Depois que atravessamos a calçada.
E adentramos nosso doce ninho.
Nos transformamos, somos animais.
E com ternura, amor e carinho.
Nos saciamos, mas queremos mais.
A nossa fome é grande, e sem pudor.
Nos entregamos ao desejo insano.
E transformamos esse selvagem amor.
Na heresia, de um amor profano.
A nossa voz, que alucinada e rouca.
Sussurram gemidos do nosso prazer.
E nos beijando, pra calar a boca.
E nosso grito então, assim conter.
TadeuBarueri
Enviado por TadeuBarueri em 26/11/2007
Código do texto: T752843

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tadeu-Barueri - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/tadeubarueri). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TadeuBarueri
Barueri - São Paulo - Brasil, 60 anos
97 textos (3185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:00)
TadeuBarueri